Filmes e Série

Resenha: 2ª temporada de Bridgerton

Caros leitores,

A nova temporada londrina acaba de chegar na Netflix, com muito brilho, música, bailes e claro, muitas fofocas. Estava mais que ansiosa quando se tratava deste lançamento, não que eu tenha criado nenhuma expectativa para a série, já estava me preparando para ser diferente dos livros. Depois de a primeira temporada ter suas diferenças era obvio que eles continuariam alterando, mas o contexto inicial da história é o mesmo.

Nessa segunda temporada o irmão mais velho da família Bridgerton, Anthony, está determinado a cumprir o seu papel como visconde e ser casar. Contudo, ele não busca um casamento de amor como seus pais, ele quer apenas uma bela dama que cumpra o papel exato de viscondessa, que seja perfeita. Para isso, na nova temporada londrina, ele começa a avaliar cada uma das damas debutantes, em busca da que se encaixe perfeitamente nos requisitos que está buscando. Até que uma dama, recém chegada a sociedade, é eleita o diamante da temporada, Edwina Sharma. Assim Anthony decide que irá se casar com ela, o único problema será conseguir a benção da irmã mais velha de Edwina, Kate. Desde o primeiro contato entre Kate e Anthony, eles tiveram sentimentos muito fortes um pelo outro, brigando e se odiando, até outro sentimento tão forte também surgir, paixão.

Uma temporada cheia de mentiras, segredos e muitas fofocas, a segunda temporada de Bridgerton trouxe muitos escândalos e a série não está nem perto de acabar, a muito mais para se saber e entender sobre essa nova visão da família Bridgerton.

Minhas Opniões

Tentarei ao máximo não trazer spoilers para essa resenha, gosto de opinar e contar histórias de maneira a convencer o leitor a ler ou assistir o que recomendo, e ainda conversar sobre o que eu escrevo, concordando ou não.

Como comentei acima, a história parece bem diferente do que é contada nos livros, não lembro muito bem dos detalhes do livro e fiquei bastante tentada a reler para fazer essa comparação detalhada. Contudo, como qualquer adaptação, assisti essa de coração aberto para aproveitar ao máximo essa experiência, e o que posso dizer é que eu simplesmente amei.

Chorei, rir e me apaixonei muito pela segunda temporada, talvez não tanto quanto a primeira, mas ela tem seus méritos. A história esta envolvente, dramática e cheia de informações. Diferente dos livros a série não mostra apenas o lado dos dois principais, mais traz histórias secundárias e o desenvolvimento de todos os personagens inseridos na série. Nesse ponto é tão bom quanto ruim, acabamos nos envolvendo mais com toda a sociedade londrina, mas, ao mesmo tempo, perdemos um pouco mais da interação do casal principal. E por falar em casal principal como descrever essa relação entre Edwina, Anthony e Kate. Não ficou ruim, mas também não ficou maravilhoso. Contudo, dou meu braço a torcer até que gostei um pouco dessa relação, no meu ver a ligação entre Kate e Anthony foi instantânea desde o primeiro momento que eles se encontram e apenas o dever de responsabilidade que ambos carregam não os deixam ver que isso é muito mais que ódio, justamente o ódio de desejar algo e não poder ter por conta dos deveres que ambos acreditam ter que cumprir. Já Edwina vejo que ela se apaixona mais pela visão que acredita ser o Anthony do que por ele realmente, ela estava tão ansiosa para estar na temporada e encontrar o amor que transfere isso para ele.

O que falar das histórias secundárias? Das mães casamenteiras tentando de tudo para enlaçar um bom partido. De Lady Whistledown, ou como ficamos sabendo no final da primeira temporada, Penelope, com sua pena afiada atacando novamente. O desenrolar das histórias dos outros irmãos Bridgerton. Tudo foi instigante e divertido de acompanhar. Observamos o amadurecimento de muitos desses personagens e como tudo isso afeta a história principal.

Apesar de ter amado, não quer dizer que foi perfeita, mas cai entre nós, nada nessa vida é perfeito. A série provavelmente irá desagradar muitos dos fãs dos livros, principalmente quem é fã desse segundo livro. Como comentei, faz tempo que li o livro, então não posso dizer cada detalhe que faltou, contudo, posso falar do que senti falta ou não gostei nessa temporada. Senti falta de mais tempo de relação entre Kate e Anthony, mais tempo deles se entendendo e se apaixonando. Não gostei da paixonite de Eloise e muito menos do jeito como ela acaba a temporada com a Penelope. E o que mais odiei foi Kate e Edwina brigarem, sempre imaginei elas como amigas inseparáveis.

Agora é aguardar uma terceira temporada e ver quais surpresas nos aguardam. Uma coisa que aprendi com essa temporada é que tudo pode mudar nessa adaptação, não que isso seja ruim, até meio instigante não saber o que esperar.

E você, querido leitor e querida leitora, já maratonaram a nova temporada? O que acharam?

Verdadeiramente sua,

Lady Jorge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.