Filmes e Série

Dicas de filmes de terror

Oláaaa leitores, turo bom queridos? Meu nome é Ayllana Ferreira, sou uma das criadores do blog próxima fase (blogproximafase.com) e vim aqui, numa linda e próspera – amém – parceria com a Ana, compartilhar um pouco mais do meu estilo cinematográfico favorito, o TERROR.  Separei cinco filmes atuais, que considero como obras-primas, para conversarmos um pouco mais sobre o estilo.

Invocação do Mal

Invocação do Mal | Filmes de terror, Cartaz

Lançado em 2013, Invocação do Mal foi um sucesso de bilheteria e se tornou uma das referências atuais em películas de terror. Em 1h52m de filme, conhecemos a história de uma família dos Estados Unidos que, após ser constantemente assombrada por uma entidade maligna, decide entrar em contato com o casal de investigadores paranormais Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farminga) em busca de ajuda.  

Baseado em fatos reais, em uma década de muitos filmes de casas mal assombradas, Invocação do Mal consegue, magistralmente, se apropriar de elementos já comuns do estilo, como sustos tradicionais, figuras assombrosas e possessão, para trazer inovação até mesmo no clichê. O grande diferencial da película é que mesmo utilizando de jump scares, famosas cenas de tensão para assustar o público, a direção, a fotografia e a trilha sonora desenvolveram um clima de aflição e suspense psicológico que sobrepassa qualquer obviedade do roteiro.

Hereditário

Hereditário - Filme 2018 - AdoroCinema

Diferentemente de Invocação do Mal, agora temos um desenrolar bem atípico de tudo que estamos acostumados a ver. Após a morte da reclusa avó, a família Graham decide retornar a casa da falecida, começar a viver lá (não me perguntem porquê) para compreender um pouco mais da sua vida. Com o passar do tempo, a caçula da família, Charlie (interpretada perfeitamente pela Milly Shapiro) começa a se portar de maneira estranha.

Quando terminei de assistir Hereditário, confesso que passei horas após tentando compreender o que realmente tinha acontecido. Diferentemente da grande parte dos filmes de terror, que entregam respostas prontas e reviravoltas já esperadas, Hereditário cria seu terror pelas ausências e pela angústia que sentimos por não entender o que está acontecendo. E é justamente isso que faz dele, para mim, uma obra-prima.

A Bruxa

Crítica | A Bruxa – Netflix lança polêmico terror satânico | CinePOP

Já que tocamos nessa ferida, na era de filmes com respostas claras, muito sangue, cenas rápidas e vapiti-vulpiti, A Bruxa é mais um filme para os cinéfilos mais pacientes, que se sentem confortáveis com uma narrativa mais lenta e terror nas entrelinhas. Em 1h33m de filme, que as vezes parece mais lento que o esperado, acompanhamos a história de uma família extremamente religiosa, que após uma histeria, culpa a filha mais velha do desaparecimento do seu irmão caçula.

A Bruxa é daqueles filmes que causa incômodo, seja pelo ritmo das coisas que estão acontecendo, pela fotografia, pela trilha sonora ou, até mesmo, pelos absurdos que, hoje em dia, com certeza chamariam à atenção do conselho tutelar para aquela família. Mesmo tendo visto a obra logo após o lançamento, em 2016, ainda me causa pavor só de lembrar de um dos personagens mais bizarros da narrativa, o bode preto da família.

O Exorcismo de Emily Rose

O Exorcismo De Emily Rose no iTunes

Já com medinho enquanto escrevo esse post, vamos falar de uma vez por todas de O Exorcismo de Emily Rose, considerado, por muitos anos, como um dos filmes de terror mais pavorosos da história. Com 2h2m de filme, a película começa do final, estamos acompanhando o julgamento do padre Richard Moore, acusado do assassinato de Emily Rose.

Para vocês entenderem um pouco mais – juro que não é spoiler – Emily Rose foi uma jovem da zona rural, que após entrar para a faculdade, começou a sofrer violentas alucinações, seguidas de perda de consciência. Com o aumento da frequência das crises e de ocorrência de coisas bizarras, a família, extremamente religiosa, decide pedir ajuda ao Padre Richard.

Sim, esse comentário está um pouco maior, mas porque Emily Rose merece. Baseado em fatos reais, e com algumas semelhanças com o clássico O Exorcista, acompanhamos um dos debates mais polêmicos da atualidade, Religião x Ciência na explicação de fatos sem explicação. Diferentemente dos outros filmes – opções variadas, gostamos -, a diferença da obra está justamente no seu estilo de narrativa, semelhante à transmissão de vários julgamentos que já assistimos pela TV, no qual, ao final, terminamos com dúvidas sobre o que realmente acreditar. Não posso deixar de elogiar a construção da narrativa, as atuações e a direção, que conseguiram trazer realidade em cada uma das cenas apresentadas.

Atividade Paranormal  

Atividade Paranormal - Filme 2007 - AdoroCinema

Por fim, se vamos falar de clássicos e histórias traumatizantes, não podemos deixar de lado Atividade Paranormal. Após o desaparecimento precoce do estilo Found Footage, que traz filmagens amadoras, semelhante à um filme/documentário em primeira pessoa, Atividade Paranormal reviveu de vez o estilo e veio para provar que elementos de verossimilhança permanecem sendo o que mais nos assustam. Dessa vez, conhecemos a história de Katie e Micah, que após eventos assustadores na casa, decidem colocar câmeras em todos os lugares para descobrir o que realmente está acontecendo.

Lembro que descobri Atividade Paranormal por acaso na locadora. Era meu aniversário, e decidi escolher alguns filmes de terror para assistir com umas amigas. O trauma foi construído, e até hoje, faz parte da minha lista de filmes que só vi uma vez na vida e já foi suficiente. O que eu posso dizer é que, mesmo mais de 10 anos após o meu primeiro contato com a película – foi lançado em 2007 -, vejo todo o valor e relevância que ele tem para toda a indústria de terror que veio após.

Beijinhos,

Ayllana Ferreira

Olá, leitores, agora é a Ana, rsrs. Como sabem ou não eu odeio filmes de terror, então achei uma boa trazer outra pessoal para trazer um pouco desse filmes. Não deixem de ir ver as minhas dicas que escrevi no blog Próxima Fase e conhecer o trabalho da Ayllana.

Agora que apresentamos o nosso top 5, conta para a gente, quais são os seus favoritos?

Bjs e abraços,

Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta