Livros

Lidos de Abril – Parte 2

Olá, galera, tudo bom?

Como prometido voltei com a parte 2 dos lidos do mês passado. Esses também são romances que amo tanto que não tenho ideia de quantas vezes já reli. Vamos a lista então.

Um beijo inesquecível

O Sétimo livro da família Bridgertons e conta a história da última das irmãs solteiras da família, Hyacinth. Na sua quarta temporada em Londres ela começa a se sentir entediada, tudo está na mesma. Apesar de estar passando da hora de casar ela não encontrou nenhum homem que achasse que seria um bom parceiro.  Contudo, tudo parece mudar em um recital quando acaba sentada ao lado do sedutor Gareth St. Clair. Ele é neto de Lady Danbury, uma senhora de língua mordaz e o medo de muitos da alta sociedade, porém isso só a torna uma grande amiga de Hyacinth. Quanto Gareth e Hyacinth são colocados lado a lado Hyacinth percebe que ele consegue manter uma conversa no nível de sua inteligência e franqueza, e ainda por cima a consegue a deixa-lá sem fala, um feito que ninguém até hoje conseguiu.  Ela finalmente encontra algo interessante para fazer, responder sempre a suas provocações a altura e para completar a sua alegria ela se torna a única pessoa que pode traduzir um diário, recém descoberto, da avó italiana de Gareth.

A tradução desse diário aproxima nossos dois aventureiros, porém também pode trazer a tona um segredo que Gareth guarda a bastante tempo e não sabe se gostara que logo a mulher que ele sente uma atração descubra.

Salvos pelo amor

Salvos pelo amor é o quinto livro da série família De Marttino, e traz a primeira história da segunda geração da família. Nele voltamos a ler sobre a Resplandecente e até excêntrica Bela De Marttino. Ela tem seus 21 anos e já é famosa na criação de vinhos, mas mesmo tendo tudo que muitas pessoas sonham ela é como qualquer outra jovem que sonha em encontrar o amor de sua vida, na verdade seu primeiro amor. Mesmo com toda a confiança que seus pais a ensinaram desde pequena, ela ainda se sente insegura sobre si mesma e de sua aparência por conta da Dismetria, que faz com que uma de suas pernas seja menor que a outra. Isso nunca foi um problema para sua autoestima na vida pessoal, mas para sua vida amorosa ou a vida amorosa que ela imagina isso é um grande problema. Ainda mais quando conhece Leo, neto de uma funcionária que trabalha na sua casa.  É amor à primeira vista e mesmo que ele tenha vários problemas ela está decidida a ficar do seu lado e enfrentar tudo e a todos por ele.

Leo é jovem bonito e que teve tudo que os pais podiam pagar, porém nunca recebeu amor e carinho deles, isso só piorou quando ele começa a querer fugir da sua vida usando drogas. Mesmo sabendo que é viciado acha que pode ser libertar a qualquer momento e achar que ir morar com sua avó em uma vila pequena ajudará a ficar longe te tudo isso. No entanto, ele leva consigo uma quantidade como reserva para ser usado quando for muito preciso, ou seja, a todo instante que se sente inseguro. Tudo torna ainda mais complicado quando ele conhece a doce e linda Bela De Marttino, sente algo por ela assim que a vê e o tempo que passa com ela é o único momento que ele não pensa em usar drogas, mas apenas isso não é suficiente para fazer ele largar tudo. Porém, ele não desiste e fara de tudo para ficar a altura da sua resplandecente Bela.

Unidos pelo amor

O quinto livro da família De Marttino traz a história do mais velho da segunda geração da família Fabrizio. Assim que terminou a faculdade foi trabalhar ao lado de seu Tio Vittorio assumindo uma parte da administração da empresa De Marttino. Seu maior sonho foi realizado e está feliz com tudo o que já possui, porém começa a perceber que ainda falta algo na sua vida, e essa certeza se torna ainda maior quando conhece Hannah. Ela é uma delicada jovem que chega implorando que a deixem trabalhar na vindima (o que é isso?) da Vila De Marttino. Fabrizio não consegue dizer não a ela, e por mais estranho que seja sente a necessidade de estar ajudando ela.

Hannah tem uma vida muito difícil, perdeu os pais aos quinze anos para um terremoto, e com isso acaba sendo obrigada a ir morar nos Estados Unidos com um tio. Porém, esse tio é um homem recluso e violento que vive pela caça e obriga Hannah a viver trancada dentro de casa, saindo no máximo para ir à escola. Com ajuda de amigos aos 18 anos ela consegue fugir dele e voltar para Itália, mas acaba parando em Florence, onde não conhece ninguém e não tem nada. Ela não desiste de voltar para sua terra Natal, assim ela consegue um emprego em uma sorveteria com um uniforme bem ridículo.  Vivendo muitos anos isolada do mundo ela é doce e muitas vezes imatura e isso chama atenção de um jovem universitário muito famoso da sorveteria que fará de tudo para tê-la em sua cama, inclusive enganar, embebedar e levar ela a força para cama. Hannah não se lembra direito de nada do que aconteceu, mas sabe o que aconteceu, ainda mais quando se descobre grávida e novamente sem nada. Sua última esperança para conseguir ter esse filho que já ama tanto é conseguir um emprego na vindima o que não esperava era um encontra um educado e belo jovem como chefe e protetor.

Um amor como vingança

 Esse é o primeiro livro da série paixões gregas e começa a contar a história dos quatro irmãos Stefanos, e sua longa trajetória para crescer na vida. Leon, Heitor, Ulisses e Nicholas, foram abandonados pela mãe e expulsos do único lugar que conhecia como lar, Kirus, uma ilha grega. Quando eram apenas crianças esses quatro irmãos e seu pai tiveram que se mudar para Nova York e recomeçar uma nova vida. Anos se passaram e juntos construíram um império, mas não se esqueceram de tudo que passaram e querem vingança contra o homem que foi responsável pela expulsão deles e por acabar com suas vidas, Quiron Kalimontes. Leon, o mais velho dos irmãos é o que mais quer vingança e está disposto a fazer de tudo para isso. Voltando para ilha, Leon acha uma maneira perfeita de fazer Quiron sofrer a mesma dor que ele e seus irmãos sofreram. Isso inclui tirar a filha de Quiron de seu lar e usa-la como vingança. O que ele não contava é que essa filha, Melissa, não era exatamente quem ele pensava que era. Ela não foi criada como uma princesinha mimada, e muito menos criada com amor do seu pai, uma perfeita Cinderela. Ambos sofreram pelas mãos de Quiron, e essa vingança vai os unir e curar muitas feridas. No decorrer do livro você descobre um pouco mais sobre o que os irmãos passaram e o quanto Melissa também sofreu. (Continue lendo essa resenha clicando aqui.)

E vocês queridos leitores? O que andam lendo? Já leram algum desses livros? Deixem nos comentários e não deixe se me seguir nas redes sociais.

Bjs e abraços,

Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta