Meus textos / Vida de Concurseira

Minhas horas de estudo

Olá, leitores, tudo bem?

Hoje vou falar de um assunto delicado para estudantes, as horas de estudos. Primeira coisa que tenho para informar é que não existe uma quantidade mágica de horas, existem alguns professores que dizem que temos que estudar mais de 4 horas, outras pessoas que devemos estudar 8 horas outros ainda que 2 horas são suficientes. Minha opinião é que o importante é estudar, descubra seu próprio ritmo, se acha muita pressão calcular quantidade de hora líquida, não calcule, apenas monte um bom ritmo de estudo. 

Como começar a ter esse bom ritmo? Para mim foi começar aos pouco sem me cobrar tanto, a meta era estudar um pouco cada dia. A ideia era aumentar nem que fosse 10 min no dia seguinte. Caso no dia seguinte eu não conseguisse nem isso, eu tentava não me desanimar e continuar tentando.  Com o tempo percebi que podia me cobrar um pouco mais, definir uma meta mais exata sobre a quantidade de horas, principalmente depois que comecei a estudar para o curso técnico. 

Eu gosto de cronometrar minhas hora de estudos para poder saber minhas horas líquidas, ou seja, saber quantas horas efetivamente estou estudando. Para mim funciona pois me distraio com muita facilidade e posso controlar se não estou só estudando o que gosto.

Quando vejo que a matéria está cansativa, uso o método pomodoro, assim tenho pequenos intervalos. 

Eu defino uma meta de 4 horas por dia, porque eu sei que é uma quantidade de horas confortável para mim e que não vou me cansar tanto. Quer dizer que sempre consigo estudar essas 4 horas? Não, tem dias que acontecem imprevistos ou algo do tipo que não consigo cumprir, mas, quando estou animada passo  até mais horas estudando.

É o suficiente ou ideal? Não sei, para mim é o que eu consigo fazer. Tem dias que acho que devia estudar mais, mas tento não exagerar e criar um equilíbrio entre as obrigações de casa, estudos e lazer. 

Estou dizendo que você tem que estudar a mesma quantidades de horas do que eu? Não, só vim compartilhar uma parte da minha vida com vocês. Posso mudar daqui um mês e começar a estudar mais horas ou menos ou simplesmente parar de contar as horas. O que importa mesmo é sua dedicação aos estudos, você encontrar o seu ritmo o seu método. Sinto que esse é um dos meus grandes problemas, sempre quero achar a quantidade de horas e método perfeito, mas tento lembrar de uma fala de um professor: “A fórmula mágica é a que você se adapta”. Isso não quer dizer que não tento me esforçar pra me superar, pois querendo ou não entramos em uma zona de conforto e não queremos sair dela. No entanto, tento não surtar pensando demais se estou horas suficientes, hoje mesmo enquanto escrevo esse texto a minha mente fica com essa questão. E só posso pensar que estou dando o meu melhor e que vou aprender e me superar a cada dia mais. 

E vocês queridos leitores, tem alguma dica para essa estudante? O que vocês fazem para cumprir suas metas de estudos? São tão loucos quanto eu com as horas?

Bjs e abraços virtuais,

Ana.

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta