Livros

Resenha: Em casa para o Natal.

Olá, leitores, tudo bem?

O Natal já passou, mas como faz pouco tempo resolvi trazer uma resenha de uma das minhas leituras de Natal. Nessa época do ano eu  tento achar algum livro que se passe nessa mesma época do ano para ler, meio que para entrar mais ainda no clima. Esse ano o escolhido foi “Em casa para o Natal”, uma comédia romântica de Cally Taylor. 

Beth Prince é uma jovem que tem aparentemente uma vida perfeita. Trabalha no emprego dos seus sonhos, em um pequeno cinema independente, como gerente e atendente. Tem um namorado incrível, chamado Aiden, e que ela tem certeza que está no momento de dizer as palavras que tanto quis ouvir na vida: “Eu amo você”. Tudo estava encaminhado como ela queria, estava planejando como seria a noite perfeita com o namorado e como falaria que o amava e finalmente teria seu “felizes para sempre”. No entanto nada foi como planejado, em vez de uma declaração de amor, Aiden terminou tudo que eles tinham. Para complicar mais ainda sua vida, o cinema em que trabalha estava prestes a ser vendido para Apollo uma grande empresa de cinema. Em meio a toda confusão amorosa e o risco de perder o emprego ela conhece Matt, o belo e divertido gerente da Apollo. 

Matt Jones, saiu recentemente de relacionamento bem maluco. Está determinado a seguir a sua vida trabalhando e cuidando de seu avô. Contudo, sua ex não quer sair de forma nenhuma da sua vida, e quanto mais tenta sair disso sem machucar ninguém e não agir como um babaca, mas enrolada sua vida fica. No meio de suas atrapalhadas tentativas ele ainda tem que lidar com a compra do pequeno cinema, que o leva a ficar cada vez mais perto da adorável Beth. 

Não sou de ler comédias românticas, mas a escritora conseguiu prender a minha atenção. Acontecem tantas coisas com os dois personagens, cada um mais atrapalhado do que o outro, que fica difícil não gostar do livro. O livro me fez rir, sentir muita vergonha alheia e torcer muito para que Beth e Matt ficassem juntos. Apesar de ser um livro cheio de detalhes, com muitas histórias dos personagens, acaba fluindo muito bem e gostei dele, até me deixou com um gostinho de quero mais. A parte natalina dele ficou mais como plano de fundo da história, onde os acontecimentos mais marcantes ficaram perto da época do Natal. 

Já conhecia esse livro? Me recomendam outro livro que tenha alguma ligação natalina?

Deixem nos comentários.

Bjs e abraços,

Ana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.