Livros

Resenha Família De Marttino: Coração de gelo

Olá, galera, tudo bom?
Hoje vim trazer uma postagem extra, porque não podia deixar de trazer essa resenha para vocês. Voltando com essa família linda, uma das mais lindas da Itália, mais um pouco da história da família de Marttino com o terceiro livro da série, coração de gelo. Nesse livro temos a história do sério Vittorio De Marttino e da espontânea Gabriella.

Vittorio não teve muito amor foi separado muito novo de seus irmãos e de sua mãe sendo criado pelo seu pai, que sempre o mandou para internatos e o criou para ser o herdeiro dos vinhedos. Anos se passam e isso e outros segredos que essa família guarda moldam um homem apenas preocupado com o trabalho com uma grande dificuldade de mostrar o que sente e ser realmente feliz. Porém o destino resolve mudar isso e começa a derreter esse cara com coração de gelo quando em uma noite ele e sua vó encontram mãe e filha na estrada. Gabriella tem um jeito bem espontâneo de ser e não tem freio na língua, fala tudo que pensa, ela acaba de perder sua melhor amiga e irmã de consideração que deixa sobre seus cuidados Isabella uma doce garotinha tão espontânea quanto ela. Com medo da agressividade do pai de Isabella ela resolve pegar a menina e fugir para o mais longe possível. Sem dinheiro e sem ideia do que fazer com sua vida e ainda carregando uma criança no colo ela acaba conhecendo Vittorio e Pietra. Gabriella não esperava que aquele homem sério e frio mudasse sua vida e Vittorio não acreditava que pudesse amar tanto duas pessoas.

No desenrolar da história Vittorio vai aprendo a amar e como ser feliz, começa a superar todo seu passado. Gabriella e Isabella trazem toda a sua maluquice e alegria para a casa e começam a juntar e transformar a vida da casa e dos De Mattinos.

Difícil não se apaixonar por eles e todo o desenrolar da história, não morrer de rir das loucuras da Gabriella e não se encantar por Bella e seu vocabulário único. A escritora mostra como se cria o vínculo de pais e filhos mesmo não tendo nenhuma ligação sanguínea, como tudo pode ser superado trabalhando em conjunto e que nunca se pode perder o humor. Eu já li umas duas vezes a história e já estou ficando com saudade. A escrita te envolve e te prende em toda a trama, segredos e amor dessa família. Como nos outros temos um pouco também do vislumbre dos outros membros da família, mas sem perder o foco principal do casal e da pequena.
Vocês já leram essa história? Deixem nos comentários e não deixe de seguir as redes sociais do blog.
Bjs e abraços,
Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta