Livros

Resenha: Família De Marttino: Salvos pelo amor

Olá, querido leitor e querida leitora, tudo bem?

Ano passado eu comecei a conta a história da Família De Marttino, parei no quarto livro, como recentemente li novamente todos resolvi trazer a resenha dos livros que estavam faltando. Hoje irei falar do quinto livro da série, Salvos Pelo Amor. 

Leonel Bianchi cresceu em uma família sem problemas financeiros, fazendo viagens e tendo vários luxos da vida. Contudo, sua vida não era perfeita, seus pais sempre estiveram mais preocupados com status e coisas materias do que dar atenção e amor para ele. Chegando na juventude com seus pais separados e sempre brigando ele encontrou uma fuga dos seus problemas nas drogas. Se tornou um jovem rebelde, sem futuro e sem sentido para sua vida. Mesmo sendo um viciado ele ainda mantinha uma fina linha que prometera nunca ultrapassar e se vendo como um problema para vida de todos, concorda em passar uns dias com sua avó longe de tudo, na vinícola Vila De Marttino. Ele esperava que lá  longe de tudo pudesse voltar a ter uma vida sem o vício ou apenas reduzir 

Bella De Marttino cresceu cercada de amor e apesar da pouca idade já sabe o que quer, criar vinhos nas terras que tanto ama. No entanto, acredita cegamente que jamais irá ter o amor de homem por conta da sua deficiência na perna, o que a sempre deixou insegura no quesito romance. Seguia sua vida feliz na Vila De Marttino, continuando com seu próprio vocabulário,  até que conhece Leo. No minuto em que sentiu algo diferente,  ficou mais insegura ainda em relação a sua deficiência. Completamente apaixonada ela não mede esforços para ajudá-lo a se salvar. 

Um romance bonito e de muitas lutas surge com esses dois. Nesse livro vemos a nossa pequena Bella Resplandecente e até Excêntrica (só quem conhece Bella vai realmente entender isso) se tornar uma bela mulher, forte, determinada e que como sua mãe Grabriella não tem medo de lutar pelo amor. Leo que estava apenas buscando uma fuga das drogas encontra o amor, não apenas o amor romântico, mas também o de uma família. 

Eu amei esse livro, principalmente porque matamos a saudades dos irmãos e vemos como evoluiram e cresceram nos últimos anos. Também estamos vendo com aqueles exército de ardilosinhos cresceram e estão começando a seguir seus próprios caminhos. Inclusive nos próximos livros vamos ter toda a história dessa segunda geração. Não vejo a hora de trazer para o blog. 

E você, querido leitor e querida leitora, já conhecia essa família? Qual o seu livro favorito deles? Se não conhece me diz qual série de família você amou fazer parte?

Bjs e abraços,

Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta