Livros

Resenha: Jardim Secreto

Olá, galera, tudo bem? 

Como amanhã é dia das crianças, resolvi trazer a resenha de um livro que teve um grande  impacto na minha infância e que seria legal compartilhar aqui no blog. O primeiro livro que veio à minha cabeça foi Harry Potter, meio que foi essa saga que me fez a amar mais ainda a leitura e aprender a ler livros maiores ( já que cada livro vai aumentando aos poucos). Como a história de Harry Potter já é bem conhecida e já falei dele aqui no lidos do mês (vc vai colocar o link aqui?) resolvi falar de “Jardim Secreto”.

“Jardim secreto”  foi escrito por Frances Hodgson Burnett  e a primeira edição foi lançada em 1993. Ele conta a história da mimada Mary Lennox. Seus pais são ingleses, mas eles moram na Índia, onde ela nasceu e foi criada por uma babá. Seus pais só queriam saber da vida na sociedade e curtir festa atrás de festa. Mary se tornou uma menina tímida, difícil de lidar, mandona, malcriada e com baixa autoestima.

O mundo de Mary desmorona quando seus pais e a babá morrem numa epidemia de cólera. Ela é levada de volta para Inglaterra onde seu tio, Archibald Craven, vira seu tutor. O tio, como seus pais, não lhe dá muita atenção, mas garante que nada de essencial falte a ela. Como na sua antiga casa, ela tem apenas a companhia dos empregados da casa, principalmente de Marta. Sem nada para fazer, Mary anda pela casa e pelos jardins, tentando brincar e se distrair. Em um desses passeios ela acaba encontrando uma porta escondida pelas heras, e atrás dessa porta ela encontra um jardim abandonado e todo cercado, um Jardim Secreto. Logo, Mary descobre que esse lugar é proibido para todos e resolve transformá-lo em seu segredo.  Determinada a dar vida novamente ao jardim, plantando novas plantas e o que mais for preciso. Como não entende nada do assunto ela acaba pedindo ajuda, sem contar exatamente para o que, de Marta que logo a apresenta ao seu irmão Dickon. Dickon é um menino apaixonado pela natureza, que faz amizade com todos os animais da região e que possui um grande talento para plantar e cuidar de plantas. Todos os dias eles visitam o jardim e aos poucos vão novamente dando vida a ele.

Os dias vão se tornando menos solitários e mais alegres para Mary. Contudo, em uma noite de muita chuva, Mary sem conseguir dormir começa a vaguear pela casa. No meio do seu passeio noturno ela acaba encontrando Colin, seu primo, de quem nunca soube da existência. Colin é doente desde pequeno, ele não anda e todos pensam que ele vai morrer a qualquer hora. Com isso todos satisfazem todos os seus desejos, o tornando tão mimado quanto Mary. Como Mary é a única que consegue enfrentar na mesma altura as birras de Colin as brigas entre eles acaba se tornando uma amizade.

A amizade que surge entre Colin, Mary e Dickon transforma não apenas o Jardim Secreto, mas também traz grandes transformações na vida de Colin e Mary, tornando eles não apenas pessoas melhores, mas também crianças cada vez mais felizes.      

        Já li esse livro milhares de vezes, sempre que leio aprendo uma coisa nova com essas três crianças. Um livro que te faz pensar não apenas na amizade e como pequenas mudanças no dia a dia podem te fazer mais feliz, mas também traz mensagens sobre o amor pelo cuidado e pela natureza. Eu recomendo a todos, não importa a idade.

  E para vocês queridos leitores? Qual foi o livro que mais impactou a sua infância? Deixem nos comentários. 

Bjs e abraços,

Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

1 Comment

Deixe uma resposta