Livros

Resenha: Mais lindo que a Lua

Olá, leitores, tudo bem?

Nesse dia dos namorados eu não poderia deixar de trazer a história desse casal “de época”, do livro Mais Lindo Que a Lua. Nesse primeiro livro das irmãs Lyndon temos a história de Victoria Lyndon e Robert Kemble. Quando se viram foi amor à primeira vista, se encontravam todos os dias, começaram a namorar e planejar o futuro juntos. Contudo, seus pais não aprovaram essa união já que que Robert era conde de Macclesfield e Victoria a filha de um vigário.  O jovem e apaixonado casal então resolve fugir para se casar, mas, tudo deu errado. 

Sete anos depois, Victoria, a todo custo tenta manter seu emprego como preceptora e tudo fica mais complicado quando se encontra novamente com Robert. Ela fica furiosa por perceber que mesmo depois de todas as mágoas que esse homem a fez sofrer, ela ainda sente algo muito forte por ele. 

Robert não confia em nenhuma mulher, principalmente depois que a única que amou ter partido seu coração sem piedade, então, ele se torna um libertino. No entanto, quando reencontra Victoria, novamente fica sem fôlego, ainda sente algo por ela e não consegue ficar longe.  Sendo assim, resolve destruí-la como ela o destruiu e propõe que ela se torne sua amante. Victória não aceita, ainda que os sentimentos por ele continuem fortes e se sente mais uma vez traída. Apesar da recusa de Victoria, Robert não desiste de tê-la para si, e fará de tudo para isso acontecer,  inclusive investigar os acontecimentos do passado para tentar entender o que deu errado há tantos anos.

Claro que Julia Quinn arrasou mais uma vez. E por incrível que pareça esse é um dos primeiros livros que eu leio que ambos os personagens se apaixonam à primeira vista. Mesmo dando tudo errado no início, os anos longe um do outro não apaga esse amor, apenas faz com que esses dois personagens amadureçam e que esse amor que eles sentem acabe ficando mais forte. Vocês vão amar cada página, vão sofrer junto com eles quando os pais fazem de tudo para impedir essa união e vão torcer a todo custo para que eles se entendam e finalmente fiquem juntos para o resto da vida. 

Já estou super ansiosa para trazer a segunda irmã Lyndon para o blog, em breve escreverei a resenha dela. 

E vocês, queridos leitores, já conheciam esse livro? Vocês preferem histórias de amor à primeira vista ou aquele casal que se odeia e apaixona? Ou ainda aqueles que a convivência aos poucos revelam um grande amor?

Bjs e abraços, 

Ana.

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta