Livros

Resenha: Método Bullet Jornal

Olá, galera, tudo bem?

Demorei para trazer a resenha completa do que achei do livro o método Bullet Jornal, mas queria colocar algumas coisas em prática antes de vir falar mais um pouco sobre ele.  

O Bullet Journal (BuJo) ficou mundialmente conhecido, por ser um método onde se coloca toda sua vida em um único caderno, um sistema para registrar, se organizar e planejar. Com tanto sucesso o escritor resolveu trazer toda a explicação em um livro. Nele conta a história desde quando surgiu a primeira ideia desse método até as diversas maneiras que ele foi evoluindo.

Como ele mesmo diz: “ Você vai aprender a:

I)             Registrar o passado para monitorar suas conquistas;

II)            Organizar o presente e nunca se perder em anotações;

III)          Planejar o futuro fragmentado objetivo que parecem inatingíveis”.

O livro se divide em cinco partes, a primeira fala como é a preparação para esse método, trazendo as dicas e motivações iniciais. A segunda parte vai falar de cada uma das partes do sistema, trazendo uma explicação bem detalhada. A terceira parte é onde começa a colocar em prática, ele sempre traz um texto explicando alguns temas explicando mais sobre o método, uma parte mais de avaliação da sua vida e depois tem uma parte para colocar em prática.  Na quarta parte começa a falar sobre a parte artística, e outras ideias a mais do sistema. Na última parte traz algumas conclusões, perguntas que sempre fazem e tirando dúvidas que já surgiram nesses anos de criação do método.

Por conta de tantas coisas para absorver e ir tentando colocar em pratica cada coisa que fui aprendendo acabei demorando bastante para ler ele. Logo assim que terminei já deixei ele do lado do meu BuJo, para sempre está dando uma relida em algo.

Já tinha um tempo que tinha começado a usar o método BuJo, mas foi muito bom para compreender melhor como funciona e como fazer para manter. Também me ajudou a ver que não preciso escrever linhas e mais linhas para descrever o meu dia, mas posso fazer isso de forma resumida e que mesmo assim quando reler depois eu vou recordar aquele dia. O que mais gostei é que ele mostra como o método é simples e que não precisamos nos assustar com as obras de artes que vemos pela internet.

Eu amei o livre e estou colocando o que mais gostei em prática. Posso trazer um pouco mais do meu próprio BuJo para vocês, para ver o que estou fazendo e como estou fazendo.

Espero que tenham gostado. Já leram esse livro? Usam esse método? Deixem nos comentários.

Bjs e abraços,

Ana.

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta