Julia Quinn,  Livros,  Resenha,  Romance de época

Resenha: O que aconteceu em Londres

Olá, querido leitor e querida leitora, tudo bem?

Na postagem de hoje vim trazer uma resenha literária do segundo livro da trilogia Bevelstoke, “O que aconteceu em Londres”. Eu já fiz resenha do primeiro livro, “História de um grande amor”  e estava ansiosa para ler esse segundo por conta da história de uma personagem que apareceu no primeiro livro, a Olivia Bevelstoke.

Olivia é uma linda e jovem dama, apesar de possuir a aparência considerada padrão para a sociedade londrina, ela nem sempre segura a língua para falar o que pensa. Apesar disso, já recebeu muitos pedidos de casamento, mas ainda continua solteira já que não achou um pretendente adequado. Com o casamento de sua melhor amiga, Miranda, com seu irmão mais velho (primeiro livro) ela acaba se sentindo sozinha e recorrendo a algumas outras damas solteiras para jogar conversa fora. Em uma dessas visitas um boato acaba chegando aos seus ouvidos, o seu mais novo vizinho, Sir Harry Valentine, matou a noiva. Curiosa e ainda sem acreditar que isso possa ser verdade Olivia resolve espiar pela janela do seu quarto. Com o passar dos dias ela acredita que ele está tramando algo, já que está sempre vestindo preto e fica horas e mais horas trancadas no seu escritório lendo e mexendo em papéis. Que homem londrino fica horas e mais horas mexendo com papéis em um escritório?

Harry Valentine aprende desde pequeno a falar russo e por conta de sua grande fluência trabalha para o Departamento de Guerra inglês traduzindo importantes documentos. Apesar de gostar do desafio de traduzir, esse não é um dos melhores trabalhos que Harry poderia fazer, mas ainda sim, mais satisfatório do que estar na guerra novamente. Porém, a sua concentração nas traduções fica mais complicado quando ele percebe que sua bela vizinha não para de espioná-lo a alguns dias. Ele fica curioso para saber o que uma jovem dama tem tanto interesse nele. Essa curiosidade fica mais preocupante quando ela começa a ser cortejada por um príncipe russo, suspeito de conspirar contra a Inglaterra. Por ordem de seu superior ele tem que espionar os dois e descobrir se a bela dama e o príncipe estão tramando algo. 

Por conta das espionagens mútuas, os dois começam a se aproximar e logo, Harry descarta a possibilidade de Olivia ser algum perigo para Inglaterra, mas com certeza ela é um perigo para o seu coração. Olivia logo descobre que os boatos estavam enganados, mas algo em Harry a intriga e ele não sai mais de sua cabeça e talvez nem do coração. 

Que leitura mais gostosa, li em um dia e foi tão fluido que nem percebi as horas se passando. Eu fiquei bastante curiosa em saber mais sobre Olivia e descobrir mais sobre uma personagem tão inteligente e carismática foi maravilhoso. Ver a relação de amizade e de amor surgindo com Harry através de conversas feitas na janela foi lindo e divertido. Sabe aquele casal fofo e romântico? Eles são bem isso. Claro que toda a trama e mistérios do interesse do príncipe russo, o trabalho secreto de Harry faz com que toda a história tenha uma dinâmica ainda melhor. Eu ri tanto das trapalhadas de Oliva e até mesmo de Harry, mas quem roubou algumas cenas hilárias foi Sebastian Grey, primo do Harry. Inclusive o terceiro livro da série é dele, eu jurava que seria do irmão gêmeo da Olivia. Apesar de ter amado muito mais esse livro do que o primeiro, eu não gostei de algumas coisas, na verdade, senti falta de algumas coisas no enredo.

CUIDADO ISSO PODE CONTER SPOILER

Senti falta de uma exploração maior dos traumas do Harry com o pai alcoólatra dele e senti mais ainda falta de uma reconciliação dele com o irmão. Em uma parte do livro ele entende o porque o irmão, Edward, parece odiar e estar seguindo os mesmos passos do pai, mas eles mal conversam ou se entendem sobre isso, ficou meio superficial e eu queria muito ver eles se entendendo e conversando mais. Outra coisa que eu não gostei tanto é que queria mais drama no final do livro, toda a trama de espionagem foi uma solução tão rápida. O lado positivo é que aconteceu algo que eu não esperava e o que me surpreendeu positivamente. 

E você, querido leitor e querida leitora, já leram algum livro dessa trilogia? o que acharam? Aproveita e também me conta, qual foi o último livro que você leu em um dia ou nem viu as horas passarem enquanto lia?

Bjs e abraços, 

Ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.