Livros

Resenha: Os Bridgertons – O Duque e eu

Olá, galera, tudo bom?

           Hoje eu vou falar sobre o primeiro livro de uma série na qual sou viciada e já estou lendo pela quinta vez. A série de livros se chama Os Bridgertons, e a cada livro a autora Julia Quinn conta a história de um integrante dessa família. No total temos 9 livros sendo os 8 primeiros contando a história dos 8 irmãos e o último é um livro a parte com um pouco mais sobre cada irmão depois do fim dos livros.

           “O Duque e eu” conta a história de Daphne, a mais velhas das irmãs Bridgertons. Como muitas jovens da sociedade londrina está atrás de um marido. Contudo, desde de que debutou ainda não encontrou um pretendente, já que nenhum dos homens que conheceu até agora ela sentiu simpatia ou eles apenas a viam como uma boa amiga. Não possui um padrão de beleza como de outras jovens londrinas, mas tem seus atrativos como uma personalidade marcante e um amor pela  família maior ainda. Justamente isso que chama a atenção do duque de Hastings, Simon Basset.

           Simon ficou os últimos seis anos viajando, além de título recém adquirido ele possui muita riqueza e uma beleza que o torna um dos solteiros mais cobiçados da temporada. Porém, nada disso tem importância para ele, já que nunca irá se casar. Contudo algo balança dentro quando conhece por acaso Daphne, irmã de seu melhor amigo. Vendo a situação de Daphne de não achar nenhum marido e a sua de se livrar das mães casamenteiras, ele tem a ideia de cortejá-la de mentira para que assim outros homens comecem a percebê-la como uma possível esposa. Apesar de eles não terem a intenção de se apaixonar um pelo outro quanto mais tempo junto mais eles ficam próximos e essa proximidade começa a afetar as convicções de Simon sobre casamento. Daphne terá muito trabalho para ajudá-lo a superar todos os monstros do passado dele e assim enfim ficarem juntos.

           Difícil não se apaixonar por eles e por todos os Bridgertons, eles são divertidos e completamente devotos a família. Violet, mãe deles, não mede esforços para ver seus filhos casados. Simon nunca teve esse amor de família, sofreu muito para se tornar o grande homem que é, mas ainda tem muito o que superar. O livro mostra um grande exemplo de superação e também como o amor pode ajudar a ser uma pessoa melhor. Julia Quinn nos leva para outro mundo e nos prende em todo o enredo. Faz você ficar com vontade de continuar lendo um livro atrás do outro e quando termina já quer começar tudo de novo. Estou ansiosa para falar deles para vocês.

Bjs e abraços,

Ana

Estudante de concurso, formada em ecologia e que sempre vive no mundo dos livros

Deixe uma resposta